El Turismo Religioso en Mendoza brinda un amplio espectro de posibilidades. Es larga la lista de lugares de culto que además merecen ser visitados por su valor arquitectónico e histórico, acá sólo esbozamos algunos hitos relevantes.

 

Santuário da Virgem de Lourdes

Esta obra se deve à generosidade de seus devotos. Está construída como se fosse um anfiteatro, e tem capacidade para 4.000 pessoas sentadas. Principal centro religioso de toda a província de Mendoza, não só no dia de sua festa (11 de fevereiro) mas também em todos os dias do ano, recebendo devotos, peregrinos, pagadores de promessas, etc.

Seu culto começa por volta de 1926, em uma pequena gruta onde os devotos louvavam uma pequena imagem da Nossa Senhora de Lourdes. A devoção foi crescendo e, graças à atenção dos Padres Claretianos, ergueu-se primeiro uma pequena capela, depois um santuário, até culminar no majestoso e imponente Templo, no qual se convergem seus devotos em multidões.

 

Maipú: Cristo de los Viñedos

Ergue-se numa elevação do terreno, ao que se chega por um caminho “escoltado” pelas estações do Calvário. Transformou-se em um verdadeiro símbolo local, visitado diariamente, mas especialmente durante Semana Santa, época me que se realizam atos litúrgicos.

 

Paramillos: Cruz de Paramillos

Depois de passar pelos “Caracóis de Villavicencio” e atravessar o “Vale de Uspallata”, chegamos à Cruz de Paramillo, monumento levantado em memoria dos jesuítas. Esta a 3.000 metros de altitude e oferece uma impactante vista à montanha, incluindo o imponente cerro Aconcágua.

Cristo Redentor de los Andes

É uma obra feita pelo escultor argentino Mateo Alonso que foi erguida graças a iniciativa do monsenhor Marcolino Benavente, bispo de Cuyo, e de Angela Oliviera Cezar de Costa, idealizadora da obra.

 

Esta entrada también está disponible en: Espanhol

¿Qué te pareció la publicación?

Loading Facebook Comments ...