Em 2006 um grupo de investigadores do CRYCIT-CONICET de Mendoza descobriu ao oeste de Malargüe um conjunto de aproximadamente pegadas de dinossauros.

Desde então os investigadores começaram a estudar tais pegadas para determinar a que espécies de dinossauros pertenciam e quais eram as condições ambientais nos tempos que estes gigantes transitavam por estas latitudes.

Através das pesquisas realizadas, os paleontólogos determinaram que um grupo de Sauropodos (família dos titanossauros) durante o Cretáceo superior dirigiu-se ao sul entre Malargüe e o Vale de Las Leñas. Os Sauropodos eram herbívoros, de pescoço e cauda compridos. As pegadas marcam o percorrido que os animais fizeram em um terreno muito diferente ao atual, deixando marcas de 30 cm de profundidade e 65 cm de diâmetro. A Prefeitura de Malargüe abriu este ano o projeto arquitetônico do Museu Municipal de Ciências Naturais e o desenvolvimento do projeto Parque Paleontológico Municipal – Pegadas de Dinossauros.

 

Esta entrada también está disponible en: Espanhol, Inglês

¿Qué te pareció la publicación?

Loading Facebook Comments ...