Percurso: 120 km. Duração: 4 horas

Pela rota 52, com rumo noroeste – antigo caminho ao Chile – encontra-se um ícone importante dos feitos do general “San Martín”: o Monumento de “Canota”. Neste lugar se separaram as colunas do Exército dos Andes em 1817. A do General “San Martín”, que se dirigiu ao norte, para atravessar o Chile pelo “Paso de Los Patos” ou “Llaretas”, e a que seguiu rumo ao Oeste, pelo comando do General “Las Heras”.

Posteriormente chega-se à Reserva Natural “Villavicencio” pelo posto de “Vacarias”. Ali, um centro de interpretação oferece uma didática explicação da flora e fauna do lugar. A excursão continua nas imediações do Hotel Termas (o mesmo que aparece na emblemática etiqueta da água mineral), percorrendo seus impactantes jardins e ascendendo a pé por um riacho cercado de agreste reflorestado, até chegar à velha capela do hotel.

As águas termais de “Villavicencio” são desejadas por suas propriedades minerais e curativas. Devém da chuva e a neve que caem sobre o monte Aconcágua: a água, por gravidade, infiltra-se no interior da montanha através das rochas e descem até formações devônicas alcançando grandes profundidades. Desde ali, as fortes pressões e altas temperaturas voltam a impulsá-la até a superfície através de uma fratura tectônica, aflorando em forma de manancial a 1.750 metros.

 

Esta entrada también está disponible en: Espanhol, Inglês

¿Qué te pareció la publicación?

Loading Facebook Comments ...