Em Mendoza há as condições climáticas ideais para a olivicultura: uma grande amplitude térmica entre o dia e a noite e perfeitas condições organolépticas, químicas e sensoriais.

Quase 60 por cento da superfície olivícola mendocina corresponde a variedades destinadas a conserva, devido à grande demanda de importadores mundiais; enquanto que mais de 20 por cento se orienta à produção de azeite de oliva. Os 16 por cento restantes se encontram implantados com variedades duplo propósito.

Emulando os já tradicionais “Caminhos do Vinho” está sendo instalado uma interessante proposta ecoturística que consiste em conhecer desde plantações olivícolas, incluindo a de olivedos centenários, até el recorrido de las almazaras (fábricas) industriais e artesanais e a degustação de deliciosos pratos que oferecem os principais restaurantes da província de Mendoza

Outro tentador convite é a “olivoterapia”. Massagens anti-estresse e antioxidantes, com azeite de oliva extra virgem (de primeira prensada) e seus extratos essenciais, que são ofertados em mais de um hotel spa.

Esta entrada también está disponible en: Espanhol, Inglês

¿Qué te pareció la publicación?

Loading Facebook Comments ...