Em Tunuyán podemos fazer um passeio pelos locais históricos como ‘El Manzano Histórico’ ou o Monumento da Renúncia do General San Martín.

Situado aos pés da Cordilheira dos Andes, a 40 km da cidade de Tunuyán e a 1.200 manm, com um clima que favorece o crescimento de todo tipo de vegetação, El Manzano, ou ‘A macieira’ se transformou em um dos lugares turísticos mais atrativos de toda a província de Mendoza, especialmente para quem procura um lugar tranqüilo, com temperaturas agradáveis e extraordinária beleza.

Neste imponente marco natural, se encontra o Monumento do Retorno à Pátria. Em 1948, centenário da morte do Libertador General José de San Martín, construiu-se um monumento em sua homenagem, inaugurado em 31 de dezembro de 1950. Foi realizado por Luis Perlotti junto à macieira histórica de Tunuyán, para lembrar o regresso do General San Martin e o encontro com o então Coronel Olazábal.

O nome foi extraído de uma das páginas do livro ‘Memórias’, escrito pelo próprio Manuel Olazábal. No centro do pedestal estão os protagonistas. Junto às figuras, os relevos da comitiva que o acompanhava. Outros dois relevos reproduzem o descanso de San Martin aos pés da macieira e o abraço de despedida. A figura feminina de oito metros de altura que o coroa simboliza a campanha redentora do Libertador e sua renúncia final. Nesta oportunidade, o escultor conjugou diversos materiais: o grupo de esculturas de cinco metros de altura e a figura alegórica são feitos de bronze, e os auto-relevos são de mármore e bronze.

 

Esta entrada también está disponible en: Espanhol, Inglês